32016nov
Depressão, Estimulação Magnética Profunda e ECT

Dr. Moacyr é palestrante no Simpósio Dor, Depressão e Reabilitação. O tema da palestra é Neuromodulação em Transtornos Psiquiátricos – Depressão, Estimulação Magnética Profunda e Eletroconvulsoterapia.

05 de Novembro de 2016, Grand Mercure, Brasília.

A depressão atinge mais de 350 milhões de pessoas no mundo, o que corresponde a 5% da população global, segundo a Organização Mundial de Saúde  (OMS). No Brasil, 10% da população sofre com o problema.

Saiba mais sobre o tratamento de Depressão!

Saiba mais sobre Estimulação Magnética Profunda!

Saiba mais sobre ECT!

Cartaz_A4_Programacao_Simposio_DDR-01As medicações, principalmente combinadas à psicoterapia, constituem o tratamento mais utilizado na atualidade para depressão. Para casos que não melhoram com as medicações, ou para aqueles que apresentam intolerância aos efeitos colaterais dos remédios, pode-se tentar a Neuroestimulação tais como a Estimulação Magnética Profunda e a Eletroconvulsoterapia (ECT).

Estimulação Magnética Profunda é uma técnica que surgiu a partir da Estimulação Magnética Transcraniana repetitiva (EMTr), tratamento já consagrado para a depressão. No caso, o tratamento com EMTr gera ondas magnéticas, semelhantes aos utilizados nos aparelhos de ressonância magnética.

No tratamento com a Estimulação Magnética Profunda a principal mudança está na bobina em forma de capacete, que atinge regiões cerebrais mais profundas, com o objetivo de aumentar sua eficácia.


A ECT é um tratamento extremamente eficaz e seguro, indicado para alguns tipos de depressão, que promove disparos rítmicos cerebrais autolimitados. Com isso, ocorre um equilíbrio nos neurotransmissores como a serotonina, dopamina, noradrenalina e glutamato, responsáveis por propagar os impulsos nervosos do cérebro e manter o bem-estar.