122006dez

Dr. Moacyr Rosa publicou este artigo que foi parte de sua Tese de Doutorado. Trata-se de um estudo que mostrou eficácia equivalente entre a EMTr (Estimulação Magnética Transcraniana repetitiva) e a ECT (Eletroconvulsoterapia) em pacientes com depressão.

A EMTr pode apresentar efeitos antidepressivos significativos e, para alguns pacientes, pode ser uma alternativa à ECT. Os resultados de estudos comparando a eficácia entre EMTr e ECT são variados, portanto, a comparação dessas duas terapias precisa ser mais explorada. O estudo mostrou que ambos os tratamentos foram semelhantes em termos de eficácia e associados a um grau de melhora na depressão refratária. Portanto, acrescentam à literatura que a EMTr pode ser uma opção eficaz, pois é um tratamento menos dispendioso e sem necessidade de anestesia e outros riscos da ECT.

Moacyr Alexandro Rosa, Gattaz WF, Pascual-Leone A, Fregni F, Marina Odebrecht Rosa, et al. “Comparison of repetitive transcranial magnetic stimulation and electroconvulsive therapy in unipolar non-psychotic refractory depression: a randomized, single-blind study”. Int J Neuropsychopharmacol. 2006 Dec;9(6):667-76.

Saiba mais sobre EMTr versus ECT!