122002fev

O Dr. Moacyr Rosa e o Dr. Pridmore escreveram juntos este artigo que descreve como o psiquiatra deve conduzir o tratamento da fibromialgia. O material foi publicado na Revista de Psiquiatria Clínica.

A fibromialgia (FM) é muito comum em clínicas de dor e é, com não pouca freqüência encontrada na prática psiquiátrica. É uma condição pouco entendida que é ignorada na escola médica e no treinamento de pós-graduação psiquiátrica. Trata-se de uma condição que é causa de grande sofrimento e incapacidade. FM está associada com uma vasta gama de achados fisiopatológicos reprodutíveis. A especulação toma a FM como um tipo de (1) transtorno do sono, (2) sensibilização do Sistema Nervoso Central, e (3) desregulação da resposta ao estresse. O tratamento pode ser bem manejado por psiquiatras e inclui (1) educação e terapia cognitivo-comportamental, (2) antidepressivos, (3) analgésicos, e (4) uma gama de outros tratamentos potenciais incluindo hormônios

Fibromialgia para o psiquiatra. Pridmore S, Moacyr Alexandro Rosa. Rev de Psiquiatria Clínica, v.29, n.1, 2002.