132014set

VII Simpósio de Estimulação Magnética TranscranianaEstimulação Superficial e Profunda: diferentes bobinas, suas características e seus efeitos biológicos

VII Simpósio de Estimulação  Magnética Transcraniana e VI Simpósio da Associação Brasileira de Neuromodulação – ABEMT

12 e 13 de setembro de 2014, Hotel Continental, Canela – RS

Dr. Moacyr fala sobre “Estimulação Superficial e Profunda: diferentes bobinas, suas características e seus efeitos biológicos”

Saiba mais sobre estimulação magnética AQUI!

A Estimulação Magnética Transcraniana repetitiva (também conhecida como EMTr) é uma técnica aprovada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) para o tratamento da depressão e esquizofrenia.

O objetivo da EMTr é estimular áreas específicas do cérebro, por meio de pulsos magnéticos gerados por um equipamento desenvolvido para esta técnica.

A Estimulação Magnética é um tratamento capaz de gerar mudanças controladas nos neurônios (células do sistema nervoso responsáveis pela condução do impulso nervoso) de regiões específicas do cérebro, ativando-os ou inibindo-os, de acordo com o objetivo terapêutico.

Surge um novo modelo de EMTr, conhecido pelo nome de Estimulação Magnética Transcraniana Profunda (EMTp), ou no inglês: Deep Transcranial Magnetic Stimulation – Braisnway Deep TMS.

A EMTp foi desenvolvida pela Brainsway, uma empresa israelense especializada em inovações tecnológicas no tratamento de doenças de origem no Sistema Nervoso Central (SNC) e cérebro. No Brasil, a Brainsway, fez parceira com a Brasileira Meizler UCB Biopharma.

A finalidade da EMTp é emitir estímulos mais profundos e abrangentes, aumentando a eficácia do tratamento. A principal mudança é na bobina, em forma de capacete, que é utilizada nesta técnica para atingir regiões cerebrais mais profundas.

A novidade é muito importante no arsenal terapêutico da área de Neuroestimulação.