72016out
Choque terapêutico!

Terapia com eletrochoque ainda é alvo de críticas de especialistas

Graças a estudos que apontam sua capacidade de amenizar sintomas de transtornos como a depressão, a eletroconvulsoterapia é defendida por muitos médicos. Hoje, a técnica é aplicada com o paciente anestesiado e sob efeito de relaxantes, mas é alvo de críticas.

Dr. Moacyr Alexandro Rosa, diretor do IPAN – Instituto de Psiquiatria Avançada e Neuromodulação, concedeu entrevista para o Jornal Correio Braziliense no domingo (02/10/2016) e falou sobre o tratamento de Eletroconvulsoterapia (ECT), o antigo eletrochoque.  A matéria traz informações importantes sobre a técnica e esclarece o passo a passo de como o tratamento é realizado atualmente.

Jornal Correio Braziliense!