52015nov
Eletroconvulsoterapia de manutenção

Dr. Moacyr fala sobre o posicionamento dos eletrodos da Eletroconvulsoterapia no XXXIII Congresso Brasileiro de Psiquiatria

Mesa Redonda: ECT de Manutenção

Florianópolis 06 de Novembro de 2015.

Veja mais informações sobre eletroconvulsoterapia Aqui!

A técnica avançada e modernizada de eletroconvulsoterapia – ECT apresenta uma melhor eficácia e com perfil benigno de efeitos colaterais, principalmente o de memória. Esta técnica difere da antiga, pois o tipo de onda utilizado para o estímulo é o de pulso breve e ultra-breve. Estes são melhores, pois são mais parecidos com o tipo de onda fisiológica do nosso organismo.

IMG_6864

Outra diferença, é na localização dos eletrodos, por ex: Unilateral ou seja que é aplicada apenas de um lado da cabeça, preservando assim, a memória. Por fim, a intensidade do estímulo precisa ser adequada para cada paciente e por isso ela é calculada individualmente.

IMG_6915

Todas estas características da técnica avançada tornam a ECT mais sensível, eficaz e segura e com poucos efeitos colaterais.


IMG_6253Atualmente, estima-se que 50 mil pessoas recebam ECT por ano nos Estados Unidos, no Brasil ainda não há dados precisos, mas a técnica é amplamente utilizada nos melhores e mais conceituados hospitais de todo o país.

É um método regulamentado pelo Conselho Federal de Medicina e pela ANVISA.