Sabemos que a busca por tratamentos psiquiátricos é uma decisão delicada para pacientes e familiares. Por isso, quando um paciente procura o IPAN é atendido por um psiquiatra que faz a avaliação de todo seu histórico e indica as melhores opções de tratamento. Juntos, médico, paciente e familiares, conversam para decidir qual será o caminho adotado. 

Conheça abaixo os tratamentos psiquiátricos oferecidos pelo IPAN:

Estimulação Magnética Transcraniana – EMT

• Depressão leve, moderada e grave;
• Depressão refratária (quando os remédios não surtiram efeito);
• Depressão recorrente (mais de um episódio depressivo);
• Depressão pós-parto;
• Depressão ansiosa;
• Pacientes que não toleram efeitos colaterais de medicações;
• Transtorno bipolar (fase depressiva);
• Distimia;
• Esquizofrenia (alucinações auditivas).

Eletroconvulsoterapia – ECT

• Depressão refratária;
• Depressão recorrente;
• Depressão grave com sintomas psicóticos (alucinações ou delírios);
• Depressão com rsico de suicídio;
• Transtorno bipolar (fase depressiva grave com ou sem sintomas psicóticos e mania agitada);
• Esquizofrenia refratária;
• Quadros de catatonia;
• Transtornos mentais na gravidez como transtornos psicóticos, depressão e bipolar;
• Pacientes que não toleram efeitos colaterais de medicações.

Medicamentos e Psicoterapia

• Depressão leve a grave;
• Depressão refratária;
• Depressão recorrente;
• Ansiedade;
• Transtorno de ansiedade generalizada (TAG);
• Síndrome do pânico;
• Síndrome de Burnout;
• Fobias;
• Esquizofrenia;
• Distimia;
• Transtorno afetivo bipolar;
• Transtorno do estresse pós-traumático (TEPT);
• Transtornos alimentares;
• Transtorno obsessivo-compulsivo (TOC);
• Dependência química;
• Síndromes demenciais (déficits de memória);
• Insônia;
• Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH);
• Transtornos psicóticos agudos (Sd agitação psicomotora).