Me. Sabrina Sasso Nobre

CRP-SP: 06/92499

Me. Sabrina Sasso Nobre

CRP-SP: 06/92499

Me. Sabrina Sasso Nobre Psicologa SP

Psicóloga Clínica Sabrina Sasso Nobre, Mestre em Psicologia Clínica de Adultos pela Universidad de Chile; Especialista em Neuropsicologia pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e Coach pela Sociedade Latino Americana de Coaching (SLAC). Mais de 10 anos de experiência em Psicologia Clínica ajudando as pessoas a compreenderem seus comportamentos, processos mentais, emoções e relações com o mundo.

A psicoterapia busca investigar a queixa do indivíduo e trabalhar a partir do diálogo das questões emocionais, comportamentais e históricas intrínsecas, oferecendo uma abordagem construtiva e psicoeducativa dos sintomas.

Perguntas Frequentes

Psicóloga clínica Construtivista Cognitiva; Especialista em Neuropsicologia.
Uma psicoterapia Construtiva Cognitiva valoriza a complexidade da mudança do paciente, colaborando para que este compreenda e respeite suas experiências e a coragem necessária para se viver a complexidade da vida diária. Os problemas, as crises, as dificuldades que se apresenta no cotidiano exigem esforços e valentia de cada ser humano. Esta perspectiva entende cada ser humano como: singular e proativo, sendo um agente intencional da sua própria vida, ou seja, as pessoas são criadoras de significados na interação com o meio que demanda novas direções e escolhas a cada dia. Durante nossa trajetória de vida construímos uma rede invisível de significados onde estamos imersos e é na psicoterapia que paciente e psicoterapeuta, juntos, constroem novas possibilidades de experiências. É no ambiente psicoterapêutico que o psicólogo como um especialista em experiência humana e o paciente como o único especialista de sua própria experiência, estabelecem uma relação terapêutica de responsabilidade compartilhada e recíproca e iniciam uma viagem ao mundo interior do sujeito, buscando juntos travar cada batalha e celebrar cada conquista.
A Neuropsicologia é uma interface da Psicologia e da Neurologia que busca investigar a relação entre o funcionamento cerebral, o comportamento e os processos mentais, procurando compreender como o sistema nervoso influencia as funções cognitivas, comportamentais, motivacionais e emocionais. O Neuropsicólogo atua na avalição, ou seja, no exame neuropsicológico e no tratamento (reabilitação neuropsicológica) dos distúrbios cognitivos e comportamentais resultantes das disfunções do sistema nervoso. A avaliação Neuropsicológica tem como objetivos: avaliar as disfunções cognitivas decorrentes de alterações no Sistema Nervoso Central; diagnosticar doenças neurológicas; avaliar efeito de tratamentos; orientar um programa de reabilitação cognitiva, etc. A Reabilitação Neuropsicológica por sua vez busca, através de uma rotina terapêutica organizada de acordo com a demanda de cada paciente, colaborar com o tratamento das alterações cognitivas e comportamentais resultantes de disfunções cerebrais. Visa ajudar o sujeito a desenvolver seu funcionamento psicossocial de modo a ampliar sua autonomia cotidiana, para assim alcançar a qualidade de vida para si e seus familiares.
Uma série de elementos como, hipótese diagnóstica e a singularidade de cada sujeito, interfere no tempo que a psicoterapia irá durar. Por exemplo: o transtorno de ansiedade tem um tratamento mais curto que o transtorno de personalidade que exige a construção de ferramentas e estratégias para toda a vida.
A maioria das pessoas buscam por ajuda quando seu funcionamento está sendo afetado por uma questão que não consegue resolver sozinho ou sintomas como: tristeza, fadiga, ansiedade, dificuldade para se controlar etc. Outas procuram em momentos da vida que consideram esse apoio importante.
Uma regularidade semanal é a forma mais eficaz de possibilitar que o individuo alcance a melhora dos seus sintomas, pois, permite um trabalho sistemático que possibilita a construção de um encadeamento dos assuntos abordados. Logo, intervalos muito longos entre as sessões podem gerar prejuízo no processo de construção terapêutica.
  • Mestrado em Psicologia Clínica de Adultos pela Universidade de Chile, Santiago;

  • Sócia da SBNp - Sociedade Brasileira de Neuropsicologia;
  • Especialização em Neuropsicologia pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP);

  •  Curso: Clínica Psiquiátrica pelo Instituto de Psiquiatria (IPQ);

  • Curso: Neuropsicologia da Memória pelo Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein (IIEPAE);

  • Curso: Atualização em Neuropsicologia da Memória pelo Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein (IIEPAE);

  • Extensão Universitária em Transtorno do Pânico. Universidade Estácio de Sá, UNESA;

  • Graduada em Psicologia pela Universidade Estácio de Sá (UNESA);

  • Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI) - Participação de Pesquisa: Influências dos valores das famílias de origem nos relacionamentos conjugais;

  • Universidade Estácio de Sá (UNESA) - Colaboração na equipe de coordenação da 2ª jornada internacional de psicologia clínica com ênfase em esquizofrenia;

  • Integrante do Laboratório de Práticas Sociais do Campus de Niterói de 01/2007 a 06/2008, onde foi realizada pesquisas com o tema Violência de Gênero;

  • Integrante do Laboratório de Práticas Sociais do Campus de Niterói de 01/2007 a 06/2008, onde foi realizada pesquisas com o tema Violência de Gênero;

  • Participação em conjunto com Dr. Manuel Maria Rodriguez Losada do XIV Encontro Nacional da ABRAPSO realizado no período de 31 de outubro de 2007 a 03 de novembro de 2007, na UERJ - Universidade do Rio de Janeiro, RJ, Brasil, com o tema Representações Sociais da violência doméstica contra mulher;

  • Artigo: 'Medo: um paralelo entre a Terapia Cognitivo Comportamental e a Psicanálise';

  • Universidad de Chile - Tese de Mestrado: 'Migração e autopercepção: A experiência de viver entre mundos: Uma perspectiva construtivista cognitiva'; Orientadora: Paula Vergara;

  • Autora do Prefácio do livro: Uma nova vida é possível. Uma conversa que poderá mudar sua vida para sempre. Livro de: Marcelo Possidônio;

curriculo lattes

Me. Sabrina Sasso Nobre Psicologa SP
Certificado Sabrina S. Nobre Psicologa SP
Me. Sabrina Sasso Nobre Psicologa SP

Me. Sabrina Sasso Nobre

CRP-SP: 06/92499

Me. Sabrina Sasso Nobre Psicologa SP
  • Mestrado em Psicologia Clínica de Adultos pela Universidade de Chile, Santiago;

  • Sócia da SBNp - Sociedade Brasileira de Neuropsicologia;
  • Especialização em Neuropsicologia pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP);

  •  Curso: Clínica Psiquiátrica pelo Instituto de Psiquiatria (IPQ);

  • Curso: Neuropsicologia da Memória pelo Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein (IIEPAE);

  • Curso: Atualização em Neuropsicologia da Memória pelo Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein (IIEPAE);

  • Extensão Universitária em Transtorno do Pânico. Universidade Estácio de Sá, UNESA;

  • Graduada em Psicologia pela Universidade Estácio de Sá (UNESA);

  • Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI) - Participação de Pesquisa: Influências dos valores das famílias de origem nos relacionamentos conjugais;

  • Universidade Estácio de Sá (UNESA) - Colaboração na equipe de coordenação da 2ª jornada internacional de psicologia clínica com ênfase em esquizofrenia;

  • Integrante do Laboratório de Práticas Sociais do Campus de Niterói de 01/2007 a 06/2008, onde foi realizada pesquisas com o tema Violência de Gênero;

  • Integrante do Laboratório de Práticas Sociais do Campus de Niterói de 01/2007 a 06/2008, onde foi realizada pesquisas com o tema Violência de Gênero;

  • Participação em conjunto com Dr. Manuel Maria Rodriguez Losada do XIV Encontro Nacional da ABRAPSO realizado no período de 31 de outubro de 2007 a 03 de novembro de 2007, na UERJ - Universidade do Rio de Janeiro, RJ, Brasil, com o tema Representações Sociais da violência doméstica contra mulher;

  • Artigo: 'Medo: um paralelo entre a Terapia Cognitivo Comportamental e a Psicanálise';

  • Universidad de Chile - Tese de Mestrado: 'Migração e autopercepção: A experiência de viver entre mundos: Uma perspectiva construtivista cognitiva'; Orientadora: Paula Vergara;

  • Autora do Prefácio do livro: Uma nova vida é possível. Uma conversa que poderá mudar sua vida para sempre. Livro de: Marcelo Possidônio;

Psicóloga Clínica Sabrina Sasso Nobre, Mestre em Psicologia Clínica de Adultos pela Universidad de Chile; Especialista em Neuropsicologia pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e Coach pela Sociedade Latino Americana de Coaching (SLAC). Mais de 10 anos de experiência em Psicologia Clínica ajudando as pessoas a compreenderem seus comportamentos, processos mentais, emoções e relações com o mundo.

A psicoterapia busca investigar a queixa do indivíduo e trabalhar a partir do diálogo das questões emocionais, comportamentais e históricas intrínsecas, oferecendo uma abordagem construtiva e psicoeducativa dos sintomas.

curriculo lattes

Perguntas Frequentes

Psicóloga clínica Construtivista Cognitiva; Especialista em Neuropsicologia.
Uma psicoterapia Construtiva Cognitiva valoriza a complexidade da mudança do paciente, colaborando para que este compreenda e respeite suas experiências e a coragem necessária para se viver a complexidade da vida diária. Os problemas, as crises, as dificuldades que se apresenta no cotidiano exigem esforços e valentia de cada ser humano. Esta perspectiva entende cada ser humano como: singular e proativo, sendo um agente intencional da sua própria vida, ou seja, as pessoas são criadoras de significados na interação com o meio que demanda novas direções e escolhas a cada dia. Durante nossa trajetória de vida construímos uma rede invisível de significados onde estamos imersos e é na psicoterapia que paciente e psicoterapeuta, juntos, constroem novas possibilidades de experiências. É no ambiente psicoterapêutico que o psicólogo como um especialista em experiência humana e o paciente como o único especialista de sua própria experiência, estabelecem uma relação terapêutica de responsabilidade compartilhada e recíproca e iniciam uma viagem ao mundo interior do sujeito, buscando juntos travar cada batalha e celebrar cada conquista.
A Neuropsicologia é uma interface da Psicologia e da Neurologia que busca investigar a relação entre o funcionamento cerebral, o comportamento e os processos mentais, procurando compreender como o sistema nervoso influencia as funções cognitivas, comportamentais, motivacionais e emocionais. O Neuropsicólogo atua na avalição, ou seja, no exame neuropsicológico e no tratamento (reabilitação neuropsicológica) dos distúrbios cognitivos e comportamentais resultantes das disfunções do sistema nervoso. A avaliação Neuropsicológica tem como objetivos: avaliar as disfunções cognitivas decorrentes de alterações no Sistema Nervoso Central; diagnosticar doenças neurológicas; avaliar efeito de tratamentos; orientar um programa de reabilitação cognitiva, etc. A Reabilitação Neuropsicológica por sua vez busca, através de uma rotina terapêutica organizada de acordo com a demanda de cada paciente, colaborar com o tratamento das alterações cognitivas e comportamentais resultantes de disfunções cerebrais. Visa ajudar o sujeito a desenvolver seu funcionamento psicossocial de modo a ampliar sua autonomia cotidiana, para assim alcançar a qualidade de vida para si e seus familiares.
Uma série de elementos como, hipótese diagnóstica e a singularidade de cada sujeito, interfere no tempo que a psicoterapia irá durar. Por exemplo: o transtorno de ansiedade tem um tratamento mais curto que o transtorno de personalidade que exige a construção de ferramentas e estratégias para toda a vida.
A maioria das pessoas buscam por ajuda quando seu funcionamento está sendo afetado por uma questão que não consegue resolver sozinho ou sintomas como: tristeza, fadiga, ansiedade, dificuldade para se controlar etc. Outas procuram em momentos da vida que consideram esse apoio importante.
Uma regularidade semanal é a forma mais eficaz de possibilitar que o individuo alcance a melhora dos seus sintomas, pois, permite um trabalho sistemático que possibilita a construção de um encadeamento dos assuntos abordados. Logo, intervalos muito longos entre as sessões podem gerar prejuízo no processo de construção terapêutica.
Me. Sabrina Sasso Nobre Psicologa SP
Certificado Sabrina S. Nobre Psicologa SP
Me. Sabrina Sasso Nobre Psicologa SP